terça-feira, 3 de Abril de 2012

Aproveite a sombra do seu jardim !

Ontem a minha rubrica quinzenal na Praça da Alegria foi sobre jardins de sombra, como considero um  tema importante pois por vezes temos dificuldade em saber o que fazer nestas situações, aqui ficam algumas sugestões que espero possam ser úteis, qualquer dúvida não hesitem em perguntar !



Eu e a Sónia antes da rubrica ..já com  a mesa cheia de plantas para a sombra..

A sombra no seu jardim não é negativa, muito pelo contrário!
É algo de que deve aprender a tirar partido pois permite-lhe usar plantas que nunca conseguiria num espaço de sol, encare o facto de ter sombra como um privilégio, pois o seu jardim vai ficar mais rico, mais diversificado e sem dúvida mais bonito. 



No verão, nos dias mais quentes os locais onde nos apetece estar no jardim são aqueles “ao fresco” logo à sombra, em Portugal com os verões secos e quentes acabam por ser as zonas mais utilizadas do jardim, onde realmente se está bem.

Saber o que utilizar e tirar partido destas zonas é ganhar novos espaços e uma nova vida para o seu jardim. A profusão de verdes subtis e intensos que podemos ter em zonas de sombra combina com as florações dos brincos de princesa, hortenses, azáleas, alegrias do lar, todas elas plantas “rainhas da sombra”.

Muitos dos espaços de sombra são criados por nós com a plantação de árvores, esquecemo-nos e subestimamos o tamanho e o crescimento das árvores e quando damos por nós temos o espaço todo ocupado por árvores e o jardim todo na sombra, a sombra é importante mas o sol também!

O QUE É UM JARDIM À SOMBRA
Atenção ao facto de muitas vezes se fazer a confusão entre jardim na sombra e” jardim às escuras “, uma coisa é sol e outra bem diferente é luz.
Não há plantas sem luz pois todas elas necessitam de um mínimo de horas de luz para viver (nenhuma planta sobrevive sem pelo menos 4 a 5 horas de luz por dia) há plantas sem sol, aliás há plantas que não aguentam ao sol direto e morrem.


TIPOS DE SOMBRA
Para definirmos o que é um jardim de sombra podemos contabilizar as horas de sol disponíveis e classifica-los nesses termos:
Sombra densa –0-2 horas de sol por dia
Sombra – 2-3 horas de sol por dia
Jardim de meia sombra – entre 3- 6 horas de sol por dia
Jardim de sol pleno – mais de 6 horas de sol por dia

TRUQUES PARA VALORIZAR OS ESPAÇOS DE SOMBRA
Há alguns truques que se podem utilizar para aumentar a luz de um jardim, tirar partido das zonas de sombra também significa melhorá-las:
- Pintar as paredes ou muros  de cores claras,

- Colocar espelhos em zonas estratégicas, eu gosto muito de  espelhos nos jardins em grandes molduras de madeira, ferro ou aço , os materiais têm de ser bem escolhidos e com a certeza de que vão aguentar as condições do exterior.







- Espelhos de água, os elementos de água que refletem fachadas ou vegetação, conferem profundidade e luminosidade ao espaço.



- Utilizar mobiliário de cores claras, mesas, cadeiras, tecidos, vasos e floreiras de cores alegres e claras.
As zonas de refeições à sombra são sempre apetecíveis nos dias de mais calor..





- Aqui pode utilizar aqueles vasos metálicos que tanto gosta mas que virados para o sol “assam as plantas”, pois estes como acumulam o calor são bem-vindos em zonas mais sombrias.




VANTAGENS DAS ZONAS DE SOMBRA
- Normalmente são zonas que acumulam muita folhagem e acabam por ser solos ricos onde muitas vezes não é necessário juntar tanta matéria orgânica quando se planta.
-Necessitam de menos rega uma vez que como geralmente são zonas mais frescas, a evaporação é menor, logo o solo e as plantas conservam melhor a humidade.
- Necessitam de menos trabalhos de monda e controle de infestantes pois estas desenvolvem-se mais ao sol do que à sombra.
- As plantas que se desenvolvem à sombra normalmente não têm crescimento tão rápido como as que se desenvolvem ao sol o que fará com que tenha menos trabalho com as podas e limpeza da vegetação.
- Protege o solo do sol intenso e conserva a humidade favorecendo o crescimento de plantas de zonas húmidas.

CUIDADOS A TER NOS ESPAÇOS À SOMBRA
- Tenha sempre o cuidado de adicionar fertilizante de libertação lenta às suas plantas de sombra na primavera, esta operação é indispensável para o sucesso das suas florações.


PLANTAÇÕES ADAPTADAS Á SOMBRA
As plantas que gostam de sombra têm normalmente as folhas mais largas e de um verde mais escuro o que lhes permite ter a capacidade de captar e utilizar eficazmente a luz do solo para fotossintetizar mesmo quando esta é fraca. Estas plantas normalmente gostam de solos também eles húmidos e de ambientes mais abrigados.
 A paleta de cores de sombra é mais fresca, várias tonalidades de verdes que contrastam com as florações de sombra que na maior parte das vezes são mais subtis com tons que variam dos rosas, branco, encarnado, com plantas tão extraordinárias como as camélias, as azáleas, os rododendros ou os brincos de princesa, hostas,  aloés ou estrelícias. 


Os fetos são alguns dos Reis da sombra e não podem faltar no seu jardim ..


Tire partido das várias tonalidades de verde
Na sombra use as várias tonalidades de verde, quer sejam matizadas com branco, bege e amarelo, quer sejam vários tons de verde que variam entre o claro e escuro. Tenha no entanto atenção que as plantas matizadas muitas vezes à sombra ficam menos matizadas e mais verdes. 


Em Portugal não há muito o hábito de se utilizarem hostas (Hosta sp) nos jardins, nos EUA e Canada há jardins só de hostas e coleccionadores de hostas, são lindas e fazem uma excelente cobertura do solo com diversos tons de verde..


Os acantos ( Acanthus mollis) são uma excelente opção para zonas de sombra de baixa manutenção, têm uma floração em espiga branca na primavera.


As azaleas (Azalea sp) com uma floração exuberante todo o inverno e parte da primavera são indispensáveis à sombra 




Ajuga repens, uma excelente opção para revestimento do solo à sombra





Abutilon megapotamicum  (lanterna- japonesa), um arbusto com uma floração única que prefere a meia sombra e a frescura




As begónias ( Begonia sp) são sempre uma boa solução para termos flores à sombra grande parte do ano..




A clivia (Clivea mineata) é uma das opções que mais gosto de usar na sombra, estão em flor Inverno e Primavera e são lindas em jarra..


Agapanthus sp (agapanto), nada como um maciço de agapantos para a sombra mudar de tom..




Skimmia sp um excelente arbusto para sombra com floração branca e aromática na primavera


Clorophytum sp, mais uma sugestão de revestimento de sombra


Vinca difformis (previnca) uma das plantas que mais utilizo para revestimento de solo em zonas de sombra de baixa manutenção, não se esqueça de aparar pelo menos uma vez por ano.


Alguns bambus estão bem adaptados à sombra como o Chimonobambusa marmorea e Chimonobambusa quadrangularis



Fuschia sp (brincos de princesa), não pode faltar no seu recanto de sombra, herbácea ou arbustiva é uma presença obrigatória.


Cyclamen sp, de todas as cores para criar manchas de cor à sombra..


Hydrangea paniculata (hortense) uma das minhas plantas favoritas e a rainha da sombra, floração na primavera e verão






Zantedeschia aetiopica jarros de todas as cores e para todos os gostos..




Strelizia reginae e Strelizia nicolai (gigante), para quem gosta dum toque mais exótico as estrelícias  são a planta certa, para a gigante é preciso espaço pois cresce muito e é uma peça marcante em qualquer lugar


Impatiens new guine (alegria do lar), a herbácea anual ideal para a sombra, tem  cores exuberantes como encarnado, rosa, laranja, etc, em Portugal costumam durar dois anos ou mais.

Fica aqui uma rubrica que fiz o ano passado com algumas sugestões de sombra, e  a rubrica de ontem ..




Obrigado e até breve
Teresa Chambel



Imagens via :Pinterest, House to Home, House Beautiful, Earth Turf, Bambuparque, Planta Sonya, Teresa Chambel

29 comentários:

  1. Oieeeee, Teresa
    Você nos deu uma aula sobre como conservar lindas as plantas do nosso jardim na sombra.
    Tenho aqui em casa, strelizias reginae, e ficam na sombra, molho pouco, e elas florescem grande parte do ano.
    Obrigada por nos passar seu conhecimento
    Bjssss

    ResponderEliminar
  2. Conhece algum local na zona de Lisboa onde possa arranjar hostas ou a vinca?
    A Viplant parece que não tem; pelo menos não encontrei...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá André, vinca costuma haver na Viplant, hostas só de vez em quando é que aparecem pois infelizmente não há muito o hábito de as utilizar cá em Portugal. Talvez no Jardim Primavera em Sintra, ou na Quinta da Eira. Eu esta semana vou à Viplant e pergunto se vão ter hostas e vinca em breve. Um abraço

      Eliminar
  3. Obrigadíssimo pela ajuda!
    Preciso de uma planta para cobertura de solo e achei que as hostas ficam muito bem combinadas com o Ophiopogum nigrescens (que plantei recentemente para forração em torno de um canteiro de sombra), tal como diz no video verifiquei.
    Mas se não encontrar talvez combine o nigrescens com a vinca, a soleirola ou com ophiopogum japonica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As hostas são lindas, mas a vinca e a soleirola também resultam bem na sombra, os clorophytum ( brancos e cinzentos) também ficam bem com o ophiopogon principalmente com o nigrescens pois contrastam em cor. O nigrescens tem um crescimento lento mas depois de pegar é muito resistente.

      Eliminar
  4. Talvez num destes dias vá a Sintra, quando tiver vagar, até porque preciso de inspiração para outras zonas do jardim ainda por criar.
    Não vou usar os clorophytum simplesmente para evitar repetição de espécies, já que os tenho noutras zonas do jardim.
    Este tópico foi uma grande ajuda! Continuação de bons textos.

    ResponderEliminar
  5. Obrigado pelas suas dicas. Me ajudou muito a cuidar das minhas plantas!

    ResponderEliminar
  6. Olá, as azaléias não precisam do sol direto para florir? Beijoss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, as azáleas aguentam sol mas também se aguentam à sombra e não precisam de sol para florir , precisam de 5 a 6 horas de luz por dia, não de sol directo.

      Eliminar
  7. OBRIGADO AMIGO , AMEI SUAS IDEIAS VOU FAZER UMA CASA E VAI FICAR LINDO ESTAS PLANTAS ..
    AMO FLORES FOLHAGENS , E TUDO QUE SE FALA DE FLORES EU ADORO , PORQUE AS FLORES TONA NOSSO AMBIENTE MAIS LINDO ....

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito do seu site, muito bacana, gostaria muito de fazer um jardim em um ponto da casa, e apesar de ser uma área externa, não bate sol, tem luz, mas sem sol.
    É possível fazer um jardim vertical assim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, é só ter o cuidado e escolher plantas que não precisem de sol direto mas apenas luz. Há muitas plantas que vivem perfeitamente sem luz directa desde que tenham 5-6 horas de luz. Um abraço e até breve

      Eliminar
  9. Olá Teresa! vejo que suas dicas de jardinagem são adequadas principalmente para o público português, porém gostaria de receber algumas dicas suas de como cuidar de begônias. Moro em uma cidade chamada João Pessoa, capital do Estado da Paraíba no nordeste brasileiro. Há duas semanas eu trouxe uma muda de begônia (já bem desenvolvida e em floração) de uma cidade de clima serrano do interior do estado, com o clima mais frio do que aqui no litoral. Mudei a planta para um jarro e colocquei-a à sombra, porém, percebo que ela está menos bela do que quando a trouxe, as flores estão murchando e as folhas estão mais amareladas. Gostaria de saber com que frequência devo regá-la e quais outros cuidados devo ter para que ela fiquei mais saudável e bonita?
    Obrigado e um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Irinaldo, a begónia gosta de algumas horas de sol por isso se puder mude-a para um local onde ela apanhe sol pelo menos 4 ou 5 horas de manhã, regue-a quando o solo está seco mas sem encharcar, tente não molhar muito as folhas quando rega para ela não sofrer de fungos. Corte todas as partes amarelas e pode adicionar um pouco de humus de minhoca pois as begónias gostam de solos com matéria orgânica. um abraço

      Eliminar
  10. Boa tarde,

    desde já deixe-me dizer que admiro muito o seu blog!!
    Gostaria de pedir a sua ajuda para me indicar se estas plantas se dariam bem penduradas numa parede que no inverno está totalmente na sombra e no verão quando o sol está mais alto ficariam ao sol! gostava muito de forrar aquela parede mas estou com muito dificuldade em perceber que plantas se adaptariam melhor!
    Muito obrigada pela sua ajuda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara, em vasos pendurados na parede e que se dêm bem na sombra no inverno e ao sol no verão pode experimentar as impatiens ( alegrias do lar), ciclamens, bolbos como os jacintos, narcisos, crocus, etc. Pode também optar pelas heras, ficus, etc. Espero ter ajudado, bjs

      Eliminar
  11. Olá Teresa...
    Só hoje descobri o seu blog, mas também só há pouco adquiri a minha casa, por isso antes estes temas não eram os que procurava.
    Sou sincera em dizer que a jardinagem não é uma paixão nem o meu forte....
    Mas agora tenho um jardim e um páteo para criar... Creio que a paixão vai crescer :)

    A minha questão é que o meu jardim nunca apanha sol direto. Tem luz, claro, mas sol nunca... Eu adorava fazer um jardim florido e alegre...

    Esta é a melhor altura do ano para começar a criar o meu jardim?
    Que flores e plantas me aconselha? (numa parte queria pôr plantas que não cresçam muito para que não caia lixo no jardim da vizinha....)

    Desde já, Obrigado pela ajuda possível.

    Joana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana, esta é uma excelente época para começar o seu jardim pois assim vê resultados na primavera. Se não tem sol direto pode optar por plantas como as hortenses, as alegrias do lar, as azáleas, os brincos-de- princesa, misturadas com arbustos verdes como o pitosporo, euónimos, etc, pode ainda ter cliveas, jarros, etc.Não sei se tem o meu livro, tenho um capitulo só sobre jardins sem sol. bjs

      Eliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. Olá Teresa! Me chamo Andréa, adorei suas dicas, e, estou no inicio de uma obra "minha casa", em uma região serrana do estado de SP, gostaria que me desce algumas dicas, pois moro em outra cidade longe de minha obra (residência futura para uns 06 meses), vou até lá de 15 em 15 dias, ver como está, porém, gostaria de saber como faço para fazer um jardim, a sombra, com bastante luz, porém sem sol, que não precise regar, pois levando em conta que só vou lá de 15 em 15 dias, não tenho quem o faça, pois, quem esta a fazer minha obra, é uma construtora! Gostaria de saber qual flores baixas, decoradas com pedras, que não necessitem de rega, a não ser de 15 em 15 dias, para que futuramente, quando eu for morar, meu jardim já esteja lindo, e exuberante? Obrigada desde já pela colaboração e dicas! Abraços

    ResponderEliminar
  14. Adoro suas dicas, gosto muito de flores, mas não tenho jeito para elas, por isso vou tentando aprender.
    Obrigada
    joaquina

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os vossos comentários ! Muito obrigado e até breve