quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Inverno - ordem para podar !

Queridos amigos,
Hoje vou falar de podas, não sou especialista no assunto, já fiz alguns cursos mas acima de tudo tenho aprendido a podar..podando.
Hoje vou ao Programa SIC Boa Tarde falar sobre poda e podar algumas coisas e resolvi fazer esta publicação para quem queira aprender ou tirar algumas dúvidas sobre poda. Como tudo na vida na poda também temos de perder o medo e agir com bom senso.Vou apenas falar e mostrar algumas podas de plantas ornamentais vulgares, claro que os princípios da poda depois se aplicam a todos os tipos de poda..mais coisa menos coisa..

Tal como a primeira vez que um cabeleireiro nos corta o cabelo e não sabe como ele vai reagir..também nós a primeira vez que podamos uma planta não sabemos como ela reage, quando vamos conhecendo as nossas plantas vai sendo mais fácil "aferir" o tipo de poda, na dúvida pode sempre a menos do que a mais...pois em alguma plantas o "a mais pode ser irreversivel.." mais vale podar em 2 ou 3 vezes do que arrasar a planta à primeira..no segundo ano já vai ser mais fácil, pois já sabe como é que a planta reagiu no ano anterior.

Primeiro que tudo porquê podar as plantas ornamentais?
As plantas quando crescem na natureza não são podadas e crescem livremente, mas muitas vezes no espaço dos nossos jardins temos de controlar o tamanho e forma das plantas para que elas consigam ter uma convivência saudável umas com as outras.Também há plantas que na natureza são "pastadas" o que é um método de poda natural..
Quando podamos temos de ter um objectivo estético ou fitossanitário, queremos sempre tirar o máximo partido da beleza das nossas plantas ornamentais.



Quando podar ?
A poda é uma das actividades que na maior parte das plantas podemos fazer no inverno para preparar as plantas para a primavera. Com a dormência alguns ramos/caules ficam secos e precisam de ser retirados para aliviar a planta e permitir que esta revigore mais rapidamente ao chegar a primavera.
Pegue nas suas ferramentas e mãos à obra !


O que devemos saber antes de podar:
Para podermos podar em consciência devemos conhecer a planta em questão, como funciona, qual o seu ciclo de vida, o tipo de folha (caduca/perene) o tipo de floração (no ramo do ano ou no ramo do ano anterior).
O tipo de planta vai-nos indicar o modelo de poda a utilizar.

O que podar?
Todas as plantas de folha caduca podem e devem ser podadas no Inverno pois é a época que entram em dormência (mais ou menos hibernação) e diminuem a sua atividade.
Boa altura para podar: árvores ornamentais, árvores de fruto, trepadeiras, herbáceas e arbustos de floração primaveril que floresçam no ramo do ano.
Podemos podar à vontade herbáceas e arbustos que floresçam no ramo do ano, pois este vai crescer na primavera.
Para ter boas florações, pode agora os hibiscos, rosas, hortenses, alfazemas, et..
hibiscos
hortenses
rosas
alfazema
O que não se deve podar
Tudo o que está em flor e o que floresce no ramo do ano anterior (ex: camélias). São plantas que se podam após a floração (final da primavera) pois necessitam para que haja indução floral que passe o inverno, se podarmos no inverno não há floração.

Como fazer os cortes :
Quando estamos a podar um ramo grande duma árvore ou arbusto  devemos primeiro  fazer um corte mais à frente para aliviar o peso e só depois cortar junto ao tronco mas respeitando sempre os tecidos do tronco.
Todos os cortes devem ser limpos, deverão ser feito com  tesoura de poda, serrote ou corta ramos, conforme a grossura do ramo e se este é verde ou seco.

Devemos ter o cuidado de podar acima dos gomos.
 serrote
tesoura de poda
Cortes limpos sempre acima dos gomos e inclinados para fora 

Cuidados a ter com as suas ferramentas de poda:
Qualquer que seja o tipo de poda tenha sempre o cuidado de limpar e desinfectar com lixívia/alcool as ferramentas que utilizar entre uma planta e outra, para evitar o “transporte” de doenças de uma planta para a outra, muitas das doenças que se propagam no jardim podem ser evitadas !
Tenha sempre as suas ferramentas afiadas e oleadas para evitar que  esmague os caules quando os corta.
Quando acabar de podar todas as suas plantas, limpe meticulosamente as suas ferramentas, desinfecte e guarde em local seco.
(Ilustrações do meu livro Um jardim para cuidar feitas por Maria Boavida)

Poda de hortenses
Neste tipo de poda podemos proceder à desramação (corte de ramos pela base) e atarraque (diminuição da altura de ramos) se necessário
São plantas em que não há renovação basal, as plantas desenvolvem-se sobre uma estrutura perene ou semi-perene, fica despida para baixo.
No Inverno devem podar-se, os prolongamentos e na primavera seguinte abrolham e têm nova floração.
Desta forma mantemos este tipo de arbusto em renovação constante.

Passo importantes na poda e ter em conta em todos os tipos de poda
- Primeiros retirar os ramos em excesso pela seguinte ordem:
- Secos, cruzados e mal inseridos
-cuidado com os gomos, corte sempre a cima dos gomos a direito (se forem opostos) 0,5 cm acima da inserção.
- Não se esqueça de ir rodando a planta se ela está em vaso ou andar à volta dela quando no terreno, se não arrisca a que fique assimétrica..vá podando de um lado e de outro..
 Cortar sempre acima dos gomos para garantir folhagem e flores na primavera
- defina uma altura que lhe der jeito e se enquadre no seu jardim.
Aspecto final de poda, esta hortense estava muito fraquinha por isso foi necessário uma poda radical.

Poda de condução
A poda contribui para que os arbustos mantenham a sua forma e a direção adequadas, evita o aparecimento de pragas e doenças. Há arbustos que precisam de ser podados todos os anos, e outros que assim que estabilizam o seu crescimento não necessitam de mais podas, a não ser uma limpeza de vez em quando ou de redução de volume por causa do espaço que ocupam.
Este tipo de poda consiste na remoção de brotos e ramos laterais para conduzir a planta na direção de crescimento desejada evitando o crescimento irregular e ramificado. Normalmente é feito em trepadeiras, arbustos e algumas herbáceas mais lenhosas.
- Pode retirar até 1/5 dos ramos mais velhos de um arbusto sem este se ressentir.
- Corte os ramos secos
- Corte as pontas dos ramos mais frágeis.
- Corte os ramos tortos e virados para dentro.
- Corte os ramos que se tocam ou estão mal inseridos
No caso de cortar ramos com gomos alternados faça o corte na diagonal acima do gomo, no caso de ramos com gomos opostos faça o corte a direito acima dos gomos.

Poda de uma hebe ( verónica) em muito mau estado,
 O ideal é não ter de fazer podas radicais mas sim todos os anos manter a forma do arbusto podando ligeiramente, ou mesmo fazendo uma desponta ( cortar só as pontas) quando chega a este estado, tem de ser podada radicalmente para se formar uma "nova planta" mais bonita e mais saudável.
Cortar ramos secos e pedaços de caule que tenham sido deixados altos demais

Corte e remoção de ramos cruzados, interessa que a planta fique mais arejada e deixe a luz entrar e fomente o aparecimento de novos rebentos.
Corte limpo..sempre com a tesoura limpa e bem afiada e com lãmina nesta posição
Ficou assim..esperemos que recupere, deixei alguns ramos "de espera" para o caso dos ramos principais não reagirem tão bem como o esperado.

Poda de roseiras

As roseiras têm de ser podadas no frio, e a poda será a garantia de uma maior floração, se não as podarmos os ramos engrossam, crescem e não renovam e a floração reduz drasticamente de ano para ano. As roseiras são excelente plantas para "treinar a poda " resistem a tudo !
- Com uma tesoura de poda corte os ramos mais pequenos e menos vigorosos, no caso de roseiras mais velhas pode ter necessidade de utilizar um serrote para cortar os ramos mais velhos.

Nunca se esqueça que deve:
- Cortar os ramos ladrões (abaixo do porta enxertos)
- Cortar os ramos que estejam a tocar outro ramo ( cruzados)
- Cortar os ramos tortos ou mal inseridos.
- Cortar sempre acima dos gomos, 
- Decida a altura que quer, deixe um número suficiente de gomos para baixo e corte cerca de 0.5 cm acima do gomo..
Os inglese podam as roseiras muito baixo ( deixam no máximo 5 gomos para resistirem bem ao frio e neve, mas em Portugal ( centro e sul) podemos podá-las mais altas, deixando mais gomos, no norte do pais podemos podar mais baixo.
- Não se esqueça de ir rodando a planta e tenha em mente a forma que pretende ( normalmente em forma de taça)
Vêm-se bem aqui os ramos cruzados a remover

A acertar a altura
A roseira da esquerda podada era inicialmente muito parecida com a da direita

Poda e/ou desbaste de trepadeiras
Nesta época pode todas as caducas e as que não estão em flor, as que estão em flor pode quando esta acabar.
- Aproveite esta época das podas para verificar em que estado estão as estruturas de apoio, se precisam de ser reparadas ou reforçadas.
-Ao podar as trepadeiras de folha persistente tenha o cuidado de não cortar demasiada folhagem para não ficarem “carecas” .
- Muitas trepadeiras têm caules velhos e grossos que dão muito pouca flor, corte-os pela base aliviando a planta (se for muito grosso utilize um podão ou serrote).


Corte de ramos secos de uma mandevila

Controle de volume (buxo, alfazemas, alecrins, santolinas,urzes etc) podemos usar tesoura de poda se são poucos arbustos isolados, tesoura, podão, corta sebes se é uma sebe ou maciço de arbustos
Neste tipo de plantas não se produzem rebentos basais (na base), a parte de baixo vai ficando seca.
Devemos ir podando regularmente, só a parte verde, nunca chegar ao seco.

Sebes verdes podemos rebaixar até 2/3 da altura (nunca chegando aos secos)
Individualizámos os arbustos mantendo a forma arredondada de cada um.
Cortar sempre os ramos secos e mortos pois não servem para nada, esta alfazema esteve muito tempo sem ser podada.
Cortamos no máximo 2/3 da parte verde, despontamos ate ficar da altura desejada, vamos rodando a planta e acertando ( gosto de cortar entre a inserção de dois ramos para não cortar as folhas..)

Topiária
Este é um tipo de poda que se faz no inverno mas que terá de se ir fazendo ao longo do ano sempre que necessário para as plantas não perderem as formas nas quais foram talhadas (bola, espiral, coluna, árvore, etc). É um tipo de poda muito específico e que envolve uma manutenção constante. 

Cortam-se as pontas que estão para fora da forma que queremos manter, se for feito com regularidade é fácil manter
Quanto maior e mais alto mais difícil...mas é um bom exercício para os braços !


Espero que tenha sido útil, já sabem que hoje vou ao Programa Boa Tarde na SIC podar algumas destas plantas com a Conceição ! não perca a partir das 16.00 horas.

Qualquer dúvida digam ! Tenho de agradecer aos amigos e técnicos fantásticos que me ajudaram a fazer esta publicação primeiro ao Francisco Coimbra o DVD dele é inspirador VEJA AQUI COMO GANHAR OU ADQUIRIR O DVD e depois ao Gonçalo Bordado (grande técnico e especialista) da VIPLANT, onde fiz grande parte destas fotografias  e por último mas não menos importante a ajuda sempre generosa da minha amiga Ana Carvalho da HORTA XS, ela sim é uma grande podadora  e vai ser formadora num curso de podas dia 23 de Fevereiro.

Até breve !
Um abraço
Teresa Chambel
Imagens via: Pinterest e Teresa Chambel


24 comentários:

  1. Fantástico artigo, muito obrigada.
    As minhas primeiras cobaias em matéria de poda foram as roseiras e as hortenses, só depois as árvores. Até agora, não tenho tido vítimas, mas este artigo é muito esclarecedor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou Helena, espero que lhe seja útil, podar é das coisas que mais gosto de fazer, é só preciso perder o medo e ganhar o jeito. bjs

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigado Sandra, sempre muito querida ! um grande beijinho

      Eliminar
  3. Ah ah ah Muito bem excelente artigo minha amiga!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada e também por mais este artigo. Gostei muito Teresa Chambel!
    Sou uma aprendiz nestas andanças de podas e plantações e tudo o mais,o meu jardim é recente e tem somente um ano aproximadamente e estava com imenso receio em podar as minhas roseiras, pois temo cortar onde não devo e prejudicar a sua saúde.
    Vi o programa na sic também e devo felicitá-la pela comunicação simples e eficaz com que esclareceu a todos no programa e demonstrou os seus conhecimentos.

    Grata por tudo.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Anne, ,muito obrigado pelo seu comentário tão simpático e ainda bem que gostou da rubrica na SIC e da publicação, não tenha medo de podar as roseiras, corte sempre acima dos rebentos e vai ver que não se arrepende, volte sempre e qualquer dúvida diga ! um beijinho e até breve

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Obrigado Regina, volte sempre ! bjs e bom fim de semana

      Eliminar
  6. Sou notava destas nestas coisas da Jardinagem.

    Vou arriscar podar o meu hibisco, está mesmo feio. Também pode ser do gelo não é?

    As roseiras, as Hortenses e alfazema pegam bem de estaca? Estaca pode ser o restos da poda? Estou inclinida a pedir á minha vizinha quando ela podar o jardim.

    A sua ajuda é preciosa, obrigada pela partilha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, é uma excelente época para podar o hibisco e ele vai agradecer, pode sempre acima dos gomos ( rebentos), pode aproveitar os restos de tudo para fazer estacas de tudo, hortenses, alfazemas, etc.
      Boa sorte ! volte sempre , bjs e bom fim de semana

      Eliminar
  7. Vou aproveitar muito suas dicas.
    Obrigada.
    Te seguindo.
    Beijos
    www.tuorganizas.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nina, obrigado pela visita, já fui ver o seu blogue e estou seguindo, adorei ! até breve, beijos

      Eliminar
  8. Olá, tenho uma alfazema em casa, em uma floreira na janela do quarto. Ocorre que ela está ficando alta e sei que é hora de podar (é hora de podar?).
    Gostaria de saber até onde devo cortar. 2/3? Pois como ela ficou grande e alta, tem muito galho e folha seca embaixo, por falta de sol.
    Aliás, ela não fica no sol por muito tempo. Pega umas 3 horas de sol e depois apenas claridade.

    ResponderEliminar
  9. Olá, tenho uma floreira com alfazemas e ela está ficando alta e a parte de baixo já está começando a ficar feia por falta de sol.
    Podo 2/3 de todos os galhos? Acredito que agora, entrando o inverno, seja uma boa para isso.
    Agradeço desde já a ajuda. Se quiser, mando foto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cristiano, o Inverno é a época certa para podar as suas alfazemas e a maior parte das plantas, pode podar seguindo as inscrições 2/3 da altura ( não chegando à parte seca) Um abraço e bom trabalho

      Eliminar
  10. Em tempo, acabei de enviar um comentário e apenas agora percebi que o blog é de Portugal! Sou do Brasil, por isso eu estou entrando no inverno agora! rsss.
    Obrigado
    Cristiano

    ResponderEliminar
  11. Foi a melhor explicação sobre podas que encontrei até o momento! Ficarei fã!
    Obrigada

    ResponderEliminar
  12. Adorei, bastante instrutivo, estou começando agora com a jardinagem e ainda não enfrentei as podas! Minha única experiencia foi com a Renda Portuguesa, pois a coloquei em um vaso e já fiz algumas mudas só não sei se vai dar certo. Adorei a matéria. ^^

    ResponderEliminar
  13. Cara Dona Teresa: Tenho dentro de casa uma ÁRVORE DA FELICIDADE, com duas plantas, uma macho e outra fêmea. Quando e como devo poda-la, pois ela está grande e meio desproporcional, pois nunca foi podada. Responda por aqui mesmo, que voltarei para a ler. MUITO OBRIGADO!!!!

    ResponderEliminar
  14. Ótimo artigo, parabéns, me ajudou muito e tenho certeza que vai ajudar muitos ainda, parabéns

    ResponderEliminar
  15. Obrigada pela ajuda mas tenho uma dúvida, não consegui achar na internet nenhuma publicação que me ajudasse sobre a poda da Petrea ou Flor de São Miguel, plantei uma quando minha filha nasceu a 8 anos, agora precisei podar pois estava muito grande e com muitos cipôs, mas não sei se podei na época certa, na lua certa e no tamanho certo.
    Tirei todos os galhos finos, ladrões, podei como se fosse uma videira deixei só os troncos principais e fiz isso agora na lua minguante de Dezembro; Será que estou correndo o risco de matar a planta ?
    Como se poda a Petrea que lua e época ?

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os vossos comentários ! Muito obrigado e até breve